top of page

Radar trabalhista: Brasil gerou mais de 80 mil empregos formais em janeiro


Em janeiro, o Brasil gerou 83.297 de empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, durante coletiva, na última quinta-feira (9). O aumento foi verificado, principalmente, nas atividades de serviços, construção, indústria e agricultura.

O saldo de postos de trabalhos foi positivo em dezessete das vinte e sete unidades da federação. A cidade de São Paulo, em maior destaque, gerou 18.663 postos (+0,14%), principalmente no setor da indústria (+17.772) e construção civil (+15.363). Em Santa Catarina, foram 15.727 postos (+0,67%) de trabalho gerados, enquanto no Mato Grosso, chegou a 13.715 (+1,64%).

O setor da construção ficou com saldo positivo de 38.695 postos formais de trabalho, seguido apenas do setor de serviços, que apresentou saldo de 40.686 postos formais de trabalho.

Para saber mais, acesse essa e outras notícias relacionadas à área trabalhista, além de uma seleção de decisões publicadas por Tribunais Superiores, Executivo, Ministério Público do Trabalho e Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, no Radar Trabalhista nº 0293/2023 da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) de 06/03 a 10/03/2023.


Comments


bottom of page